Posts Tagged ‘música’

O tempo será nosso.

janeiro 3, 2014

Ela vem
Com um passo de cada vez
Beleza e brilho sereno
Envolvidos no seu lindo vestido

O mundo gira
Enquanto eu te espero
Nesta noite
Eu quero me envolver e ouvir teu coração

Ela vem
Com um amor que ninguém tem
Levando meu vazio
Ela vem, ela vem

Uma vida inteira a procurei
Me pegue pelas mãos e diga-me que sim
Tire as sandálias e encontre-me descalço
No campo de amores

Ela vem e na beleza
De suas mãos espero tocar
Corra para onde
O tempo será nosso

Meus olhos nos teus
Um tempo a sós
Minhas mãos em tuas mãos
Minha boca transmitindo verdade em tua boca

Silêncio para ouvir os nossos coração
Barulhos dos sapatos de cristais eu ouço
De onde tu vens?
Leve-me daqui

Ela vem
E nesta noite um coração vai se alegrar
E todo o medo se esvaziar
E o tempo será nosso
Leve-me daqui.

Ultimo vinho para o adeus

maio 5, 2013

O meu coração
Cansou de navegar
No mar de ilusões

Dificil é encontrar
Um alguém que possa nos salvar
Neste naufrágio não posso continuar

Ainda estou aqui
Não fuja mais de mim

Quando me perdi
Me importei com você
Mas tardei e te perdi

Eu quero te esquecer
Mas pra te esquecer
Preciso me lembrar

Ainda estou aqui
Mas preciso partir

Eu não quero mais
Vou deixar tudo pra trás
Pois não importa mais
Tudo que eu fizer não vai fazer tu voltar atrás

Juntando cada pedaço deste corpo meu
Foi que eu amanheci

Ainda estou aqui
Não fuja mais de mim

Ainda estou aqui
Mas preciso partir

Sente aqui neste sofá
Pra tomarmos o ultimo vinho
Do nosso amor

E dizer adeus.

Cansei. Agora encontre-me

fevereiro 27, 2013

Sentado nesta noite, neste farol, tentei buscar as palavras certas que encomendassem o meu destino. Tentei escrever sobre ti, mas desisti.
Neste Farol, já perdi muito meu tempo pensando em ti. Me perdendo em ti. Trazendo minhas lembrança desses olhos teus. Passei muito tempo meu no teu tempo. Me perdi e agora te perdi. Me pergunto se tudo valeu a pena: meu tempo, minha vida, meu pensar, minhas perdas, meu cuidar de ti e outras mil.

Será que tu pensou em mim algum dia? Será que perdeu teu tempo comigo? Será que tu construiu alguma coisa em ti, sobre mim?

Ainda encontro-me perdendo meu tempo em ti. Ainda encontro-me pensando em ti. Ainda espero-te. Ainda encontro-me querendo ser teu protetor. E sim, ainda estou aqui, nesse Farol, esperando que tu vejas minha luz que está quase se apagando.

Tentei escrever sobre ti, mas desisti. Isto não é sobre tua pessoa ou luz de farol. Isto é sobre eu tentando cantar outros refrões.

Ah, só queria alguém pra abraçar
Mas tu já se foi, e esqueceu a porta aberta

Feche-a, por favor
pra eu não te ver indo embora

– Parte em Itálico, é trecho da música “A porta ( Histórias imperfeitas )” de minha autoria, disponível no Soundcloud.