Furacão

Um sonho distante que me consumiu inteiramente. Um furacão invadindo minha casa e destruindo tudo que cruzava seu caminho, eu o cruzei e sobrevivi. Mas, nunca mais fui o mesmo.

As coisas que me marcaram, hoje, fazem sentido. Quem causou esse furacão de sentimentos e emoções, foi eu. Trago em meu peito, um coração com suas partes faltando, nunca mais fui o mesmo. O que eu sempre lutei pra ter, parece que não vale mais.

Tento recolar os meus pedaços, remendar meu coração longe da tua presença. Tento não falar mais disso, nem de ti, mas no fim sempre tenho algo a dizer.

Faz tempo que a noite fria e silenciosa anda sendo minha companhia, e mais uma vez esse furacão que vem quebrando e destruindo tudo, tudo em mim, aparece. Tentei fechar os olhos e abri-los novamente para ver se todo esse drama desaparecia, mas não era um sonho mais.

Preciso pegar a estrada, vou dar as costas e andar, crescer e mudar. Vejo o céu se fechar, e lá vem o furacão de novo. Preciso dizer adeus e partir, porque aqui não é mais meu lugar.
Se eu ficar, o furacão te atingirá porque ele já está fazendo parte de mim e é disso que preciso me livrar. Isto é uma luta por controle, isto é uma luta por superação. Desculpe todo este transtorno que te causei, deixo-te agora com um ultimo beijo. Preciso ir, desculpe.

A culpa não é tua… o culpado sou eu.

Anúncios

Tags: ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: